1ª jornada de Verão

Já ansiávamos por uma jornada! Primeiro por questões de agenda e depois porque na data prevista para a primeira jornada do Verão (17/7) se previa muito calor, já desde o início de Junho que não tínhamos uma jornada voluntária.

Mas desta vez o dia previa-se fresco, como em geral aconteceu neste ameno mês Julho. E foi assim que uma equipa pequena, mas resoluta, se lançou ao trabalho.

A manhã passou-se no Cabeço da Lavandeira, a cortar rebentos de eucalipto e a cuidar das árvores aí plantadas no último Inverno. Não se tiraram fotos porque… o cartão de memória tinha ficado em casa! Mas esta é uma área promissora: abrangendo parcialmente antigas testadas das terras agrícolas, que no passado não muito distante eram dominadas pela vegetação autóctone, mas onde os sucessivos incêndios (sobretudo o de 2005) promoveram a ocupação por eucaliptos, ainda há muitos sinais e restos dessa vegetação (onde se podem encontrar mesmo 2 ou 3 pés de azevinho!), e boa parte do trabalho consiste em recuperar as plantas que, libertas dos eucaliptos, mas praticamente reduzidas à sua vida subterrânea, agora começam a “espreitar o sol”. Assim, o aproveitamento da regeneração natural é aqui primordial. Mas também se fez sementeira (bolotadas de 2019/20, sobretudo fora das antigas testadas) e plantação, já em 2021.

No dia seguinte tirou-se desde a aldeia de Belazaima esta foto, apenas para ilustrar o estado presente desta encosta muito inclinada.

O Cabeço da Lavandeira, desde Belazaima
Como um dos voluntários se ausentava à tarde, pelo meio dia tirou-se esta foto da equipa

À tarde, já apenas com 3 voluntários, a equipa foi cuidar das árvores plantadas nesta jornada junto ao tanque de rega da Benfeita, mas ao lá chegar, teve uma agradável surpresa: pôde observar uma família de perdizes que corriam pelo caminho. Quanto às árvores da Benfeita, todas se encontravam bem, não obstante os enormes fetos que as circundavam, e que foram cortados com a ajuda de uma moto-roçadora. Infelizmente uma voluntária foi 3 vezes picada por vespas, que adoram usar os tubos de protecção das árvores para fazerem os seus ninhos, e detestam ser incomodadas…

Uma família de perdizes corria pelo caminho!
Na Benfeita, os fetos ainda dominam. Mas esta área já esteve ocupada pelo matagal
Uma das árvores aqui plantadas em Novembro de 2020. Agradecem cuidados mas cuidado têm que ter os voluntários com as vespas!
Vista geral, desde o tanque de rega

O dia terminou no local mais difícil da jornada: a cortar rebentos de eucalipto e cuidar das árvores plantadas em torno do Vale da Estrela. Aqui as encostas são muito inclinadas e o silvado e os bons-dias ocupam o espaço e dificultam a progressão (para além de “abraçarem” as pequenas árvores de forma muito opressiva), pelo que também aqui foi necessário muito trabalho de moto-roçadora. Mas valeu a pena: apenas uma das árvores plantadas tinha secado e as outras estavam com boa vitalidade.

Numa encosta junto ao Vale da Estrela
Uma das árvores plantadas este ano no Vale da Estrela, depois de libertada das silvas e dos bons-dias

E já passava das 18 horas quando se deu a jornada por terminada! Obrigado a todos os voluntários!

Como a jornada de 17 de Julho foi cancelada, gostaríamos de fazer uma espécie de jornada de substituição no dia 21 de Agosto. O tempo é de férias, claro, mas… se houver voluntários disponíveis, cá estaremos para uma jornada especial. Até lá!

One Reply to “1ª jornada de Verão”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s