Retro-aranha: melhoria da capacidade de intervenção nas ações de recuperação da floresta autóctone em áreas de montanha

Só quem já participou em acções voluntárias de plantação de árvores em terreno não mobilizado, com matagal e raízes de eucalipto, sabe como é difícil e fisicamente exigente a operação de mobilização inicial do solo realizada com ferramentas manuais – principalmente picaretas – e como, mesmo assim, muitas vezes não se conseguem criar as condições …